RAIVA CANINA E FELINA: Saiba mais

A raiva é uma doença causada por um vírus que acomete principalmente o sistema nervoso e é excretado na saliva dos animais doentes. Tem uma enorme importância em saúde pública, por ser uma zoonose que causa uma encefalite altamente fatal em humanos. Vários países europeus são considerados livres da doença, mas no Brasil ela ainda ocorre.
O vírus da raiva é transmitido pela saliva durante a mordida de um animal infectado. Para ambos, animais domésticos e seres humanos, a causa mais comum é a mordida de um animal selvagem raivoso, particularmente espécies reservatórios como racuns, morcegos, raposas ou coiotes.
Os gatos são mais susceptíveis e neles a prevalência da virose é maior do que em cães.
O curso clínico da doença varia de 3 a 10 dias e o início da manifestação dos sintomas pode ser de até 24 semanas, mas leva em média 2 a 8 semanas. Os principais sinais clínicos são: comportamento alterado, febre, reflexos diminuídos, que evoluem para irritabilidade, inquietação, vocalização, agressividade e desorientação. Existe também a forma paralítica, que é a mais comum, na qual ocorre paralisia de membros, paralisia de faringe (causando salivação) e paralisia mastigatória. Esses sinais geralmente evoluem para paralisia generalizada, depressão, coma e morte.
O diagnóstico definitivo da doença requer exame laboratorial de tecidos após a morte do animal.
O tratamento não é realizado, pois além de ser quase sempre fatal é um risco extremo à saúde pública. O animal suspeito deve ser mantido em isolamento (quarentena) ou submetido à eutanásia e as autoridade sanitárias locais devem ser notificadas.
Humanos mordidos por animais suspeitos devem lavar o ferimento com grande quantidade de água e sabão, a fim de tentar reduzir a carga viral no local, e procurar imediatamente o serviço de saúde. O animal agressor deve ser submetido à eutanásia imediatamente para que possam ser realizados exames laboratoriais em busca de confirmar a doença.
A melhor e mais eficiente forma de prevenção da raiva é através da vacinação de cães e gatos. Idealmente os animais devem ser vacinados a partir de 4 meses de idade, em uma única dose. Recomenda-se a realização de uma dose de reforço anualmente. Para uma proteção segura e confiável é muito importante olhar a qualidade da vacina, laboratório fabricante e a forma de conservação do produto. Atenção: Somente médicos veterinários devem realizar o procedimento de vacinação.

Rabies

              No mês de agosto estaremos em campanha de vacinação. Entre em contato conosco para mais informações. Estamos localizados no bairro Castelo, região da Pampulha, na Av. Presidente Tancredo Neves 2325, loja 05.

Dr. Lucas de Oliveira Castro
Médico Veterinário
CRMV-MG 12.556